segunda-feira, 25 de julho de 2011

Aniversário em Madri

Hola, amigos!

Hoje é aniversário da minha mãe e, para comemorarmos, fomos ao Museu Reina Sophia, onde está a famosa obra de Picasso chamada “Guernica”. É um quadro que minha mãe adora e não poderíamos vir a Madri sem vê-lo. Esse museu foi anteriormente um hospital, mas em 1992 foi convertido em museu. Picasso pintou “Guernica”para mostrar os horrores da guerra civil espanhola. O quadro representa o ataque à cidade basca de Guernica e acabou se tornando a representação de um protesto contra todos os tipos de guerra. Esse quadro passou muito tempo fora da Espanha, pois Picasso pediu, antes de morrer, que o quadro só retornasse ao país quando fosse estabelecida novamente a democracia. Ao fim da ditadura de Franco, o quadro retornou e está hoje no Reina Sophia, um museu bem simpático. Custa 6 euros a entrada e várias alas podem ser fotografadas (menos Guernica, é claro!), mas há muitos quadros de Dalí, um dos meus pintores modernos preferidos, então aproveitei para fotografá-los.




O jardim do museu é muito gostosinho, ficamos um tempo ali descansando antes de seguirmos para a Catedral de Nossa Senhora de la Almudeña, padroeira da cidade. No meio do caminho, esbarramos com o “Mercado de San Miguel” o mercado local, que como todos os mercados europeus é lindo! Colorido, cheiroso e dá vontade de comer tudo! Escolhemos um salgadinho de queijo típico de Madri que era de comer rezando!!! MARAVILHOSO!




Por falar em rezar, dali fomos direto à igreja, que é linda! Repleta de vitrais coloridos e tetos de deixar o pescoço doendo! Sem falar nas capelas riquíssimas. A história dessa igreja começa em 1085, quando o rei Afonso VI encontrou, na muralha da cidade, uma imagem de Nossa Senhora, então ele deu a ela o nome de “Almudeña”, que, em árabe, significa muralha. A partir de então ela tornou-se a padroeira de Madri.




Dali fomos até o Palácio Real, mas como estava muito calor e já estávamos com fome, decidimos não entrar, só tiramos algumas fotos da fachada.


Almoçamos na Plaza Mayor, onde comemos uma verdadeira Paella à Valenciana! Deliciosa! Aliás, a comida daqui é muito boa. Farta e barata. Gostei muito!


Depois do almoço voltamos para o hotel para arrumar as malas, pois amanhã retornaremos à Barcelona.
Minha impressão de Madri foi muito boa! A cidade é linda, com belas fachadas, pessoas simpáticas, comida boa e ótimos preços. Ouvi dizer que era perigosa, mas vi tantos policiais nas ruas que me senti bem segura. O único problema daqui são as ladeiras que me incomodam bastante, principalmente nesse calor que faz no verão. Contudo, eu me encantei bem mais com Madri que com Barcelona, a despeito de tudo o que dizem.
Hasta Luego!

VIAGEM REALIZADA EM JULHO DE 2011