Mostrando postagens com marcador Avignon. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Avignon. Mostrar todas as postagens

domingo, 23 de junho de 2013

Aix e Avignon, duas cidades bem diferentes da Provence

Bonjour, amigos!

A Provence é uma região da França conhecida pela sua produção de lavandas. É uma região onde tudo cheira à lavanda e tudo remete à essas pequenas florezinhas lilases, que na verdade, só florescem de junho a agosto.
Aix-en-Provence e Avignon são duas cidades bem conhecidas na Provence e guardam, cada uma, características bem próprias do lugar ao qual pertencem. Aix é maior, mais juvenil e colorida, visto que é uma cidade universitária. Já Avignon é menorzinha, mas tem seu imponente Palácio dos Papas como ponto central da cidade. Aix foi a cidade de Cèzanne, famoso pintor impressionista que morreu em 1906, já Avignon, é uma cidade mais voltada para a religião já que foi sede papal e foi se modificado e crescendo ao longo de 9 pontificados. O verão na Provence pode ser bem quente, com temperaturas atingindo facilmente os 35 graus, porém em Aix o calor é mais sufocante já que não venta tanto como em Avignon, que tem um vento que sopra do sul chamado mistral e que pode fazer o inverno ser bem frio, portanto é bom levar casaco para Avignon, caso não se queira ir no verão.  


lavandas
Algumas cidades da Provence tem feiras e mercados de comida bem populares. É o caso de Aix que possui um mercado aos sábados na Place de Prechêurs e que, mesmo que não se queira comprar nada, já vale só pelo passeio, pelo aroma e pela beleza dos seus produtos.
Avignon também tem um mercado coberto (Les Halles) que funciona na Place Pie de terça a domingo pela manhã.

cerejas enormes no mercado

azeites e vinagres no mercado
Aix possui diversas lojinhas ao longo de sua rua principal onde se encontra tudo de lavanda, desde sabonetes até enfeites de cozinha. Avignon também tem lindas lojinhas, porém o apelo consumista é um pouco menor.

lojinha em Avignon
 Em Avignon pode-se fazer um passeio de trenzinho que sai da praça bem em frente ao Palais des papes. Custa 7 euros e faz um percurso bem interessante através das ruazinhas estreitas e antigas da cidade. Ele também sobe até o Rocher des Doms, um pequeno parque no alto do Palais des papes através do qual se pode descer para a ponte Saint Benezét, uma ponte sobre o rio Rhône que corta a cidade. Essa ponte, também conhecida como Ponte de Avignon caiu 5 vezes devido às cheias do rio e foi restaurada 4 vezes. Na quinta, desistiram e deixaram a ponte pela metade, ou seja, ela não leva a lugar nenhum, mas dela pode-se ter uma bela vista tanto do rio quanto da cidade. O ingresso combinado da Ponte com o Palais des Papes custa 15 euros e vale por dois dias consecutivos, caso queira comprar separado, sai um pouco mais caro e os ingressos só valem para o dia da compra.
A visita ao Palais é bem interessante para quem gosta de arquitetura e quer tirar belas fotos da cidade, pois após muitas escadas, pode-se ter uma bela vista. Lá no alto existe um café onde se pode descansar de toda aquela subida. Dentro do palácio pode-se tirar foto de quase tudo (sem flash) menos de duas capelas com afrescos.

jardim do Palais des Papes





vista do alto do Palais des papes

Palais des Papes




Pont Saint Benezét vista do Rocher des Doms
Acesso para a descida do Rocher des Doms até a ponte Saint Benezét


Descida para a pont Saint Benezét



Ponte Saint Benezét

Ruazinha medieval
Em Aix-en-Provence pode-se visitar o ateliê de Cèzanne que está tal qual ele deixou quando morreu. O lugar fica fora do limite do centro histórico, numa ladeira um tanto íngreme e para poupar a subida, pode-se pegar o ônibus número 5 bem em frente ao Posto de informação turística, na Rotonde Victor Hugo. A parada chama-se “Cèzanne” e ao saltar do ônibus, deve-se descer a rua na direção contrária, pois o ateliê fica um pouco mais abaixo do lado direito numa porta vermelha. A entrada custa 6 euros, mas pode-se visitar os jardins gratuitamente. Não há muito o que ver lá em cima além de um grande quarto com apetrechos de pintura. Vale mesmo para quem gosta dessas curiosidades ou para quem é apaixonado por Cèzanne. Fotos são proibidas dentro do ateliê.

Rotonde Victor Hugo

Jardim do Ateliê de Cèzanne

Jardim do ateliê de Cèzanne
Para se chegar tanto a Aix quanto a Avignon de trem é preciso ter alguma atenção na hora de comprar a passagem, pois as duas cidades possuem duas estações de trem: uma central e outra TGV. A primeira é a que fica no centro da cidade e permite que se passeie sem precisar pegar  outra condução, já a Gare TGV fica mais distante (18km do centro no caso de Aix e 6km do centro no caso de Avignon), o que dificulta um pouco para quem vai apenas passar um dia na cidade já que é preciso pegar um ônibus dessa estação até o centro das cidades.
A Bientôt!

VIAGEM REALIZADA EM JUNHO DE 2013